PMGCA - PROGRAMA DE MELHORAMENTO GENÉTICA DA CANA-DE-AÇUCAR

Alta produtividade e elevado teor de sacarose: conheça a RB-975952, lançada em 2015 pela RIDESA UFSCar

Alta produtividade e elevado teor de sacarose: conheça a RB-975952, lançada em 2015 pela RIDESA UFSCar

Alta produtividade e elevado teor de sacarose: conheça a RB-975952, lançada em 2015 pela RIDESA UFSCar
Em 2015, o Programa de Melhoramento Genético de Cana-de-açúcar da Universidade Federal de São Carlos (PMGCA/UFSCar) lançou quatro novas variedades. Uma delas é a RB-975952, material que apresenta bom perfilhamento em cana-planta e ótimo em cana-soca, bom fechamento das entrelinhas e ótima brotação em colheita mecanizada.

Segundo Antonio Ribeiro, pesquisador da RIDESA UFSCar, esta variedade possui alta produtividade, elevado teor de sacarose no início de safra e é resistente às principais doenças. Recomenda-se plantio em ambientes com alto potencial produtivo (A, B e C) e colheita no início de safra (de abril a julho).

“A RB-975952 é um material de maturação precoce, com elevado teor de sacarose e alta produtividade, florescimento difícil e pouca isoporização, além de resistente às principais doenças da cana-de-açúcar.”

 

Notícias relacionadas